"Convivendo com os Animais e os Micróbios" - Oficina de Teatro

Sempre que uma criança coloca seu talento a serviço do mundo, cresce a esperança de uma vida melhor

Sempre que uma criança coloca seu talento a serviço do mundo, cresce a esperança de uma vida melhor
Sempre que uma criança coloca seu talento a serviço do mundo, cresce a esperança de uma vida melhor.

MICA 23 anos

SELECT YOUR LANGUAGE.






>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> SELECT YOUR LANGUAGE >>>>>>>>>>

Seguidores

sexta-feira, 25 de março de 2011

"Seres e cores da Mata Atlântica"

“Seres e Cores da Mata Atlântica”

Seres e Cores da Mata Atlântica é um projeto, entre tantos, que o MICA realizou com um dos temas mais abordados durante sua existência, a conservação da Mata Atlântica. Afinal, o MICA nasceu na Zona Norte, ao pé da Serra da Cantareira, a maior reserva urbana de Mata Atlântica.
Os projetos do MICA, voltados para a conservação da Serra da Cantareira, buscam alertar sobre o uso planejado e ações conscientes da importância de conservar suas reservas e de preservar o equilíbrio de seus ecossistemas. Sem esse controle, além da degradação da vida na mata, as áreas mais urbanizadas perderão muito em qualidade de ar, de clima e a água. Quase toda a água que abastece São Paulo nasce na Serra da Cantareira.
É nos bairros ao pé da Serra da Cantareira onde são realizadas a maioria das atividades do MICA. A Serra da Cantareira tem sido nosso ninho e nossa musa. E foi a partir da ideia de criar projetos pela conservação da Serra da Cantareira, que outros projetos foram criados para discutir sobre a conservação e a preservação da Mata Atlântica e de outros patrimônios naturais, históricos e culturais em níveis nacional e internacional.
Precisamos criar meios de conservar as matas próximas às nossas comunidades, antes de discutir sobre a conservação das matas do planeta, assim como devemos manter a paz dentro de nosso lar, antes de discutir sobre a paz mundial.
Sendo a Serra da Cantareira uma especial fonte de inspiração para os alunos e professores do MICA, aceitamos o convite do Museu da Pedra Grande, localizado no Parque da Cantareira, dentro da reserva de Mata Atlântica, para expor telas, painéis e lenços de seda sintética do projeto “Seres e Cores da Mata Atlântica”, pintados por crianças e jovens das comunidades da Zona Norte de São Paulo.

Seres e Cores da Mata Atlântica
Painéis de Arte Coletiva em Papel-Cartão,
Óleos sobre Telas e Pintura em Lenços de Seda Sintética

Período da Mostra
28 de março a 31 de maio

Horário de visita
De 3ª a 6ª feira das 8.30 h às 16.30 h para grupos agendados
Sábados, domingos e feriados está aberto ao público
das 10 h às 15 h
Em dias chuvosos não há visitação
Local
Museu da Pedra Grande
Parque da Cantareira
Rua do Horto, 1799
Bairro do Horto Florestal - São Paulo
Telefone: (11) 2203-3266

Entrada R$5,00 (cinco reais); Estudantes pagam meia entrada
Menores de 8 anos e maiores de 60 anos são isentos de pagamento

2 comentários:

  1. Visitei esta exposição. Fiquei envolvida pelos quadros e pelo ambiente do museu, que fica no meio da mata, é como se os quadros e o ambiente em torno fossem uma unidade. E ainda tem a caminhada gostosa no meio do parque para chegar até o museu, ao lado da pedra de onde se vê uma extensão enorme da cidade. Vale a pena ir ver!
    Lígia

    ResponderExcluir
  2. Ligia: Ficamos felizes que tenha gostado e entendido a proposta do projeto que desenvolvemos com as crianças e jovens. É a busca por integrar o ser humano à natureza, nossa verdadeira "casa" e nossa real fonte de vida, que nos move a criar projetos como esse. "Seres e Cores da Mata Atlântica" é um dos temas do Projeto "Conhecer para Preservar". Conhecer para preservar é a melhor forma para entender o quanto o homem depende da natureza e, por isso, deve respeitá-la, conservá-la e defendê-la. Nosso afetuoso abraço.

    ResponderExcluir