"Convivendo com os Animais e os Micróbios" - Oficina de Teatro

Sempre que uma criança coloca seu talento a serviço do mundo, cresce a esperança de uma vida melhor

Sempre que uma criança coloca seu talento a serviço do mundo, cresce a esperança de uma vida melhor
Sempre que uma criança coloca seu talento a serviço do mundo, cresce a esperança de uma vida melhor.

MICA 23 anos

SELECT YOUR LANGUAGE.






>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> SELECT YOUR LANGUAGE >>>>>>>>>>

Seguidores

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Aniversário do MICA - 20 anos

     Muita história pra contar...
 Museu Florestal Octávio Vecchi
 Cartaz de Abertura da Mostra de Trabalhos de Alunos e Ex-alunos 
e de uma Retrospectiva dos Projetos Nacionais e Internacionais
 Como e porque começou o MICA
 Heloisa Helena Bueno, ex-diretora da Biblioteca Pedro da Silva Nava.
A primeira a nos abrir as portas de um espaço cultural para realizar mostras de arte das crianças.
A partir daí, começou a caminhada do MICA
O Museu Florestal Octávio Vecchi é um dos maiores parceiros do MICA.
Desde 2001 realiza vários dos projetos nacionais e internacionais do MICA.
Roselaine Barros Machado, diretora deste museu, recebe nosso agradecimento e homenagem.
 Maria Nilce Garcia Nicodemos,  Professora Voluntária do MICA há 19 anos, 
entrega homenagem aos diretores da Revista ZN

 História do MICA e fotos de eventos, premiações, oficinas, participações.
O MICA participou de mostras e eventos, desde a céu aberto no Parque do Horto Florestal ao Pavilhão da Bienal de São Paulo, passando por museus, universidades, centros culturais, shoppings, fundações, emissoras de tv e outros.

                               Professora Terezinha Tavares Bancher, que abrigou, por vários anos, as oficinas em seu ateliê.

Professora Luzia Trabbold, que por um tempo realizou a oficina de Mosaico.






 Aleksandra Mendes e Simone Duarte, coordenadoras dos Núcleos do Parque Estadual da Cantareira, onde o MICA realiza vários Projetos.
 Priscila Weingartner, diretora do SCTC do Instituto Florestal, onde as professoras do MICA são convidadas a realizar oficinas no Programa Ecoatitude.


 Lydia de Godau Pereira fala de seus projetos no ECOART e do trabalho com as crianças do Vozes do Futuro, coral do MICA, que durou 10 anos. Um dos projetos mais incríveis do MICA. Crianças cantando a 4 vozes.  Em 2013, o MICA busca reativar o Vozes do Futuro.
 Isabel Raposo, jornalista e diretora do Jornal da Serra da Cantareira (ao lado)


Elisa Puterman, do Portal ZN na Linha (ao lado)

Recebem homenagem em agradecimento do apoio oferecido ao MICA em seus meios de comunicação.






 Ex-Alunos do MICA
Camila Campanhã, Denise Campanhã, Cauê Ribeiro Faustino, Laion Castro Silva, Nataly Cavalcanti Zamperin
Chegaram crianças e ficaram mais de 5 anos nas oficinas.
Os professores do MICA sentem-se gratificados por terem cumprido as metas e objetivos a que se propuseram. Para os professores, o MICA é bem mais do que ensinar, é aprender, porque muitas vezes os alunos os fazem voltar a ser crianças e a renovar vários conceitos pela vida.
Como objetivo principal, não há a preocupação de torná-los artistas, mas de que se tornem mais criativos, observadores e produtivos, pré-requisitos essenciais a qualquer profissão que venham a escolher no futuro.

 Ex-Alunos do MICA e suas Mães. O apoio da família é essencial na realização dos projetos. 
Todos os ex-alunos já realizaram trabalhos voluntários. Todos são pessoas de sucesso, não só profissionalmente, mas principalmente, seguiram o caminho do bem. Alguns já escreveram livros, outros formaram uma dupla sertaneja, fundaram uma produtora de teatro. Bombeiro, músico, dentista, psicólogo, designer, advogada, professor..... Tem até aquela ex-aluna que já foi para fora do país, mostrar seu trabalho em psicologia e fazer doutorado. Outros concluíram o curso universitário, mas decidiram fazer outra faculdade. Enfim, todos são produtivos e felizes.

Jefferson Luiz Raphael  - ex-aluno










Cauê Ribeiro Faustino - Ex-aluno
 E o MICA dá continuidade aos projetos com novos alunos. 
Este é Natan, filho do ex-aluno do MICA, Bruno da Silva Ronque.
Mesmo que os descendentes dos alunos do MICA não venham a participar, sabemos que os pais estão prontos para orientá-los para serem bons cidadãos, respeitando e amando a vida no planeta.
Crianças que crescem fazendo arte, crescem felizes. Crianças felizes, serão adultos capazes de gerar felicidade à sua volta.
 Antonio Almeida, um amigo do MICA, lê os depoimentos de vários dos ex-alunos. Leia também os depoimentos de cada um deles no blog.
Mas o trabalho do MICA continua com os ex-alunos. 
Querem ver um exemplo?
Esta é a Dra. Denise Campanhã, nossa ex-aluna, que acaba de passar na prova da OAB - Ordem dos Advogados do Brasil. Trabalha na Secretaria do Verde e do Meio Ambiente. Colocamos nas mãos de Denise o desafio de continuar lutando pelos conceitos e valores que aprendeu a defender no MICA, o respeito pela vida de humanos, animais e natureza. Colocamos Denise em contato com a Dra. Maria Cristina Greco, Coordenadora da Comissão do Meio Ambiente da OAB/Santana, para que troquem ideias, façam valer as leis, lutem por leis mais severas para proteger a natureza, para punir os maus-tratos a animais. 
Este é apenas um exemplo com um dos ex-alunos, mas sei que podemos fazer isso com cada um dos ex-alunos. É só ler os depoimentos que escreveram e ter a certeza.
Veja mais sobre o aniversário do MICA
http://artmica.blogspot.com.br/2012/09/aniversario-do-mica-20-anos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário